Servico social na educacao infantil

Muitos estudos vêm mostrando a importância desse período para o lançamento dos alicerces de um desenvolvimento integral, sadio e harmonioso da criança, do jovem e do adulto. Por sua vez, o Estatuto da Criança e do Adolescente, em ratificou que "é dever do Estado assegurar Portanto, ao ser integrado ao sistema regular do ensino, como direito da criança, o atendimento em creche e pré-escola passou a ser, em contrapartida, um dever do Estado.

As denominadas "creches" surgiram dentro do contexto capitalista, como um serviço destinado à mulher que se inseria no mercado de trabalho, mais especificamente, às mulheres de classes sociais economicamente mais carentes.

E, servico social, além disso, a qualidade do trabalho oferecido em muitas dessas instituições infantil aquém dos educacao considerados satisfatórios pelo atual arcabouço legal, político e pedagógico.

O Espaço contemporâneo de fortalecimento das organizações da sociedade civil, sem fins lucrativos: Editora Autores Associados, Creche para Crianças até dois anos - o que pensar. Editora da Casa, Disponível no site www.

Nas paredes sugere-se que devem ser expostas as produções das crianças, as atividades realizadas, visando ampliar seus conhecimentos.

As cores de paredes e mobílias têm a finalidade de deixar o ambiente mais aconchegante. Na mesma deve conter um quadro de avisos visível na entrada e nas salas. Deve haver espaços diferentes para atividades das crianças, dos profissionais, serviço de apoio e acolhimento da família. Os gestos e o ato de brincar. Conforme Vygostky, a escrita tem início com os gestos, é o signo visual inicial que contém a futura escrita da criança.

Para Vygostkyp.

Para o autor, os jogos fazem um elo entre os gestos e a linguagem escrita. É através dos objetos que a criança consegue estabelecer símbolos e assim chegar aos signos.

Para a criança qualquer objeto pode ser usado para brincar, até mesmo um pedaço de pau pode ser uma boneca, uma brincadeira simbólica como esta cheia de significados, pois a criança usa de gestos para brincar.

Sendo assim, os autores acrescentam que. De acordo com K. E o desenho que exclui partes do corpo social pernas e braços. Contudo, Marquesp. Conforme Craidy; Kaerchereducacao. Contudo, Craidy; Kaercherp. Segundo Servico Kaercherinfantil criança presentation online free manipular os materiais, livremente, pois experimentar novas sensações é importante para a criança.

No entanto, é preciso delimitar locais apropriados para desenvolver suas pinturas. Para elas, alguns objetos podem, de pronto, denotar outros, substituindo-os e tornando-se seus signos [ O professor deve apresentar os mais variados tipos de suportes planos para os trabalhos bidimensionais: Mesmo que o trabalho seja desenho ou pintura, podemos explorar superfícies de objetos tridimensionais como: A criança ao ser colocada em contato com materiais diferentes tem a oportunidade de perceber sua verdadeira utilidade, ampliando seu conhecimento.

Craidy; Kaercherp.

O contato com diversos materiais provoca novas experiências nas crianças. O uso de materiais é como um desafio que deve ser estabelecido com as crianças, aumentando o grau de dificuldade gradativamente. As crianças devem ter a oportunidade de experimentar coisas novas, novas texturas.

Esse é um trabalho que acontece de forma gradual, de acordo com o nível de desenvolvimento da criança.

1 Comentário

  1. João Victor:

    No entanto, é preciso delimitar locais apropriados para desenvolver suas pinturas.